luglio 2024
RILETTURE PER L'ESTATE: L'UMAREL 20 (VERSIONE IN LINGUA SPAGNOLA)
foto
The Umarell - pensamento único


Eu estava indo comprar pão, na esquina da Via Brioschi, que é o lugar mais próximo, e vi alguém na minha frente na fila olhando para o jornal e disse em voz alta: 'uei a in tucc d'acord han decidan che i cativ a in quei là e se ne parli pu' [eles estão todos de acordo, decidiram que os bandidos são aqueles ali e não falam mais sobre eles. (traduzido do milanês)] Então eu disse a eles, sei que minha esposa diz que eu não posso ficar calado e que devo cuidar da minha vida, mas eu tinha que dizer isso, disse a eles que eu também tinha percebido, só é permitido concordar com a corrente principal (dizem os intelectuais) e ai de quem sair de lá, para dizer "olhe para isso, eles não vão deixar você terminar sua frase e vão latir para você e, se puderem, vão tirá-lo do cargo, olhe para Moni Ovadia, um homem santo, se ele não se ofender, um judeu de origem búlgara,
foto

a família escapou dos nazistas e depois dos russos, lembre-se de que "pogrom" é uma palavra russa, ele ousou mencionar que os palestinos também têm direitos e mandaram-no embora como diretor de teatro de não sei onde, depois, na Buch messe em Franckfurt, retiraram um prêmio para uma jovem escritora porque ela é palestina, não porque o romance não presta, alguém impediu Gerghiev, um magnífico maestro russo, de reger no La Scala porque ele é russo, há três anos, se você dissesse viva o petróleo e a energia nuclear, eles cuspiam em você, agora, se você falar sobre energia limpa, eles olham para você como se você fosse um pobre idiota que não entendeu que a fusão nuclear está logo ali, quase pronta. E eu que pensava que a democracia fomentava o livre exercício de ideias, a circulação de opiniões como riqueza cultural, o que permitiu que o homo sapiens se aprimorasse, basta pensar que se o primeiro líder dos caçadores neolíticos que viu um deles plantando sementes no chão tivesse enfiado o machado em seu crânio e dito a ele para esfolar os auroques, ainda estaríamos vagando pelo Ardèche ou pelas estepes do Cáucaso atrás de veados e mamutes,
foto

Fugir dos ursos que querem hibernar em nossa caverna, observar de longe as leoas que atacam os cavalos e os auroques, aprender técnicas de caça e que é preciso ficar a favor do vento da presa.
Será que essa democracia é tão fraca, tão doente e corrupta que não pode suportar uma voz diferente? antes eram só as ditaduras que tinham medo de vozes diferentes, para impor o pensamento único, que nunca foi um pensamento maravilhoso, agora todo mundo tem que pensar e fazer a mesma coisa, não precisa levantar a cabeça que eles cortam, como esse governo aqui, que expulsa da televisão pessoas que se passam por revolucionários perigosos e que, em vez disso, são como água morna, como Fazio, um cara legal, mas eu tinha Trotsky em mente, cujo texto mais importante talvez seja "A Revolução Traída", no qual ele explicou que Stalin havia destruído a democracia no Kolkoz ao cortar o socialismo pela raiz, Acontece que Trotzki é mais democrático do que Biden, não vou dizer de Meloni porque tenho vontade de rir, a única coisa a fazer é ir ver o canteiro de obras na via Bonghi onde estão cavando e você não consegue entender por que, por outro lado, fazer coquetéis molotov não faz mais efeito, se suas mãos estiverem tremendo por causa do Parkinson, você pode derrubar a garrafa de gasolina no pé assim que acender o pano e é o último que você prepara. Vamos lá, John.

Novembro de 2023
Folco de Polzer

 
stampa articolo
Politica dei Cookie       -       Design & Animation: Filippo Vezzali - HTML & DB programming: Alain Franzoni